Cerca de vinte alunos estiveram na passada quinta-feira a serem praxados na praia de Paço de Arcos em Oeiras. 

Tratam-se dos alunos do primeiro ano da escola superior Náutica Infante D. Henrique, e quando várias pessoas viram que se tratava de uma praxe não hesitaram em contactar as autoridades. 

Foi por volta das 18 horas que os estudantes foram vistos a ir buscar baldes de água à zona de rebentação e a rastejar no areal. 

A policia marítima foi chamada ao local, e permaneceu até todos os estudantes abandonarem a praia. 

"Fomos averiguar o que se passava. Vimos que havia alunos junto à água e o que fizemos foi afastar os jovens da água, ordem que acataram", referiu o comandante Malaquias Domingues, da Polícia Marítima de Lisboa. Os polícias mantiveram-se no local até ao final da praxe. Pelo menos duas pessoas contactaram a escola, que não sabia da situação. A direcção pediu fotografias para comprovar a praxe.

Recorde-se que a 15 de dezembro de 2013 seis alunos da Universidade Lusófona perderam a vida durante uma praxe na praia do Meco, Sesimbra.


Fonte: http://www.cmjornal.pt
Crédito da foto: http://www.cmjornal.pt